norelem: mais de 60.000 peças normalizadas
Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Manufacturing Outlook: previsões da indústria para 2024

Helen Blomqvist, presidente da Sandvik Coromant

28/05/2024
Apesar de um 2023 desafiante para os fabricantes, a produção industrial global atingirá uma taxa de crescimento anual composta de 3% daqui até 2027, de acordo com a empresa de análise tecnológica Interact Analysis. Este artigo analisa a forma como os fabricantes podem adotar as tendências atuais do setor para enfrentar os desafios e permanecer resilientes em 2024 e no futuro.

Desde a digitalização e a previsão da procura até à incerteza económica e aos objetivos de emissões, 2023 apresentou vários desafios para a indústria transformadora. No entanto, estas dificuldades também proporcionam oportunidades para os fabricantes inovarem e aumentarem a sua competitividade à medida que a indústria se transforma.

Uma abordagem mais direcionada para a sustentabilidade

A importância de reduzir o nosso impacto ambiental intensificou-se em 2023, e os dados do Institute for Business Value da IBM mostram que 86% das empresas já têm uma estratégia de sustentabilidade em vigor. Embora este número seja promissor, os dados mostram que apenas cerca de um terço das empresas agiu de acordo com a sua estratégia desde a respetiva implementação.

Espera-se que em 2024 haja um aumento do número de empresas que tratam a sustentabilidade como uma prioridade. Isto é particularmente importante na indústria transformadora, responsável por um quinto das emissões globais de carbono, de acordo com dados do Fórum Económico Mundial. Atualmente, esta indústria não é suficientemente sustentável, pelo que há muito mais que podemos fazer.

Helen Blomqvist, presidente da Sandvik Coromant...
Helen Blomqvist, presidente da Sandvik Coromant, espera que 2024 seja o ano em que “haverá um aumento das empresas que tratam a sustentabilidade como uma prioridade”.

Garantir que a sustentabilidade não é apenas uma ambição estratégica, mas uma parte tangível e integrada das operações quotidianas, é fundamental para reduzir as emissões e cumprir os objetivos ecológicos. Ao combinar o alinhamento estratégico, o envolvimento dos funcionários e as melhorias contínuas e baseadas em dados, os fabricantes podem não só atingir os objetivos ambientais e sociais, mas também impulsionar a inovação, reduzir os custos e melhorar a reputação e a competitividade da empresa.

Esta abordagem multifacetada é delineada no recém-lançado compromisso da Sandvik Coromant com o bem-estar na produção, que visa impulsionar o progresso sustentável através de parcerias de alto impacto. O bem-estar na produção é uma busca incessante de melhoria, composta por oito hábitos presentes em empresas de produção fortes e bem-sucedidas. A sustentabilidade e a eliminação de resíduos são o terceiro e quarto hábitos desta mentalidade, permitindo-nos impulsionar o progresso sustentável em direção a um amanhã melhor para as pessoas, a indústria e a sociedade em geral.

Este compromisso é sublinhado pela recente validação do nosso objetivo de emissões líquidas zero pela iniciativa Science Based Targets (SBTi). À medida que a procura de produtos sustentáveis aumenta, estas certificações tornar-se-ão cada vez mais importantes para os fabricantes que pretendem manter-se competitivos num mercado em transição.

Desenvolvendo recursos digitais para satisfazer a procura

Em 2023, os fabricantes sentiram o impacto de vários problemas na cadeia de abastecimento. Isto afetou particularmente a indústria de fabrico aeroespacial, que ainda se encontrava na fase de recuperação após a pandemia.

No entanto, com a recuperação da procura, foi reacendida a necessidade de as companhias aéreas expandirem ou renovarem as suas frotas para acomodar o ressurgimento das viagens de passageiros e para cumprir as novas normas ambientais com aeronaves mais eficientes em matéria de consumo de combustível. O crescimento da indústria em 2024 dependerá provavelmente da capacidade dos fabricantes e do ecossistema mais alargado para se adaptarem a estes desafios e oportunidades em mudança.

Os fabricantes do setor aeroespacial podem aumentar a sua produtividade concentrando-se na resiliência, inovação, agilidade e sustentabilidade. Uma maneira fundamental de conseguir isso, especialmente para aqueles envolvidos em processos de corte de metal, é a integração de ferramentas de fabricação digital para melhorar a eficiência operacional. Uma pesquisa de 2021 com empresas de fabricação realizada para a Sandvik mostra que mais de dois terços dos fabricantes já usam essas ferramentas. Os casos de uso incluem áreas como gémeos digitais, integração de controlo numérico computacional (CNC), sistemas de monitorização de processos e computação em nuvem.

As ferramentas digitais apoiam a produção orientada por dados, o quinto dos hábitos de bem-estar na produção da Sandvik Coromant, que ajuda as empresas a identificar potenciais melhorias e a acelerar a produtividade, desde o CAD até à entrega. Os processos orientados por dados podem ajudar a melhorar o tempo de atividade do equipamento e prolongar a sua vida útil, permitindo que os fabricantes identifiquem possíveis falhas antes que elas ocorram. À medida que 2024 avança, é provável que assistamos a uma maior adoção de ferramentas de inteligência artificial (IA) para analisar dados, com este nível de automação a ajudar a satisfazer a procura renovada, reduzindo simultaneamente os custos. A incorporação de ferramentas de IA é uma parte fundamental da mentalidade de bem-estar na fabricação, descrita no segundo hábito de adotar novas tecnologias e no oitavo hábito de automação.

Planeamento para uma produção flexível

Além de permitir que as empresas satisfaçam a procura crescente, as ferramentas de fabrico digital também facilitam o processo de planeamento de recursos para indústrias em que a procura é difícil de prever. Isto é especialmente útil para os fabricantes de automóveis, que enfrentam uma pressão crescente para se prepararem para a próxima eliminação progressiva dos automóveis movidos a combustíveis fósseis. É importante que os fabricantes disponham de capacidade suficiente de veículos elétricos (VE) a tempo da proibição de carros movidos a combustíveis fósseis em 2035 no Reino Unido e na UE, o que tem dificultado o planeamento de recursos.

O fabrico baseado em dados permite sistemas de produção mais flexíveis que se podem adaptar rapidamente a alterações na conceção do produto ou na procura do cliente, facilitando a produção de artigos personalizados ou de pequenos lotes sem perdas significativas de eficiência. A integração de ferramentas digitais com sistemas de gestão da cadeia de abastecimento pode melhorar a previsão, reduzir os níveis de inventário e melhorar a coordenação com fornecedores e clientes, resultando numa cadeia de abastecimento mais ágil e eficiente.

À medida que o ano avança, as tendências do setor, como a sustentabilidade, a digitalização e a previsão da procura, continuarão a crescer em importância. No entanto, encarar estes desafios como oportunidades para inovar ajudará a desenvolver fabricantes bem-sucedidos e resilientes que prosperarão em 2024 e mais além.

REVISTAS

Walter Tools Ibérica, S.A.U.Siga-nos

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter InterMetal

    19/06/2024

  • Newsletter InterMetal

    12/06/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

intermetal.pt

InterMETAL - Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Estatuto Editorial