Essentra Components, S.L.U.
Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Série DMF da DMG Mori ganha um novo modelo de grandes dimensões

07/02/2024

A DMG Mori acaba de lançar o novo centro de maquinagem DMF 400|11, que combina o conceito comprovado da série de colunas móveis da marca com um volume de área de trabalho de 4,7 m³.

Nos últimos anos, os modelos DMF 200|8, DMF 300|8 e DMF 300|11, desenvolvidos a partir do zero, demonstraram a capacidade inovadora da DMG Mori. Com base neste conceito pioneiro de coluna móvel, o fabricante de máquinas-ferramenta apresenta agora o maior modelo da série, a DMF 400|11.

Em comparação com o modelo anterior, a estreia mundial impressiona com uma área de trabalho 20% mais rígida e 1,1 m³ maior. A construção estável deve-se à base em ferro fundido, às três guias lineares e aos fusos de esferas retificados e arrefecidos. No teste de dupla esfera, a DMF 400|11 atinge uma precisão de 5 µm. Isto faz com que a máquina de coluna móvel seja a companheira perfeita para a maquinagem exigente de componentes de grandes dimensões, desde peças estruturais e vigas longas a componentes para o fabrico de moldes e matrizes.

Em comparação com a sua antecessora, a DMF 400|11 dispõe de uma área de trabalho alargada com um curso de 4.000 x 1.100 x 1.050 mm...
Em comparação com a sua antecessora, a DMF 400|11 dispõe de uma área de trabalho alargada com um curso de 4.000 x 1.100 x 1.050 mm.

As máquinas de coluna móvel da DMG Mori sempre foram adequadas para a maquinagem de componentes longos. Com cursos de 4.000 x 1.100 x 1.050 mm, a DMF 400|11 também oferece muito espaço nos eixos Y e Z. A parede divisória opcional cria também duas áreas de trabalho separadas, o que permite uma preparação paralela ao tempo de maquinagem através da maquinagem pendular do fuso. A mesa fixa é projetada como padrão para peças com peso de até 8.000 kg. A DMG Mori pode integrar opcionalmente uma ou duas mesas rotativas para peças com peso de 1.200 kg cada. Uma mesa adicional também está disponível como um eixo A com uma capacidade de carga de 500 kg.

O sistema modular é complementado por uma mesa rotativa FD para operações exigentes de fresagem-torneamento e magazines de ferramentas maiores com até 120 suportes de ferramentas atualmente. O armazém standard pode conter 40 ferramentas até 400 mm de comprimento. A troca de ferramentas ocorre atrás da mesa de trabalho - uma caraterística especial da última geração DMF da DMG Mori, que dá à DMF 400|11 um alto nível de segurança de processo. Além disso, as guias lineares estão localizadas fora da área de trabalho, o que as protege de materiais abrasivos e contribui para a longevidade dos componentes.

Precisão e dinâmica para todas as aplicações

Um destaque do inovador conceito de coluna móvel da DMG Mori - e, portanto, também da DMF 400|11 - é o eixo Y com cantilever constante. Isto confere à máquina uma rigidez constante ao longo de toda a gama de deslocações. Isto permite aos utilizadores utilizar a potência máxima do fuso em qualquer altura, independentemente da posição do fuso. As extensas medidas de arrefecimento de série garantem uma elevada precisão térmica a longo prazo com tolerâncias mínimas. Os fusos de esferas nos eixos X, Y e Z são acionados por uma correia dentada com dentes de seta e garantem o melhor acabamento da superfície. As velocidades de deslocação rápidas com acionamentos lineares - de série na DMF 400|11 no eixo X - são de até 80 m/min.

O eixo B otimizado da DMF 400|11 possui uma engrenagem sem-fim e um aperto melhorado com 6.000 Nm. O equipamento de série inclui o fuso speedMaster integrado com 15.000 rpm. Em alternativa, está disponível um modelo com um fuso speedMaster de 20.000 rpm e um fuso powerMaster de 12.000 rpm com um binário mais elevado (288 Nm). Tal como acontece com todos os fusos Master, também aqui se aplica uma garantia de 36 meses, independentemente do tempo de funcionamento. Com a interface HSK-A100, o desempenho de corte da máquina pode ser aumentado ainda mais.

Produção com futuro assegurado

A DMF 400|11 pode ser facilmente integrada em infraestruturas digitais, tornando o investimento à prova de futuro. Os ciclos tecnológicos exclusivos da DMG Mori também aumentam a produtividade na maquinagem, por exemplo, através da programação sem problemas dos cabeçotes angulares de rotação livre com o angularTool. A produção na DMF 400|11 torna-se ainda mais produtiva com a ajuda de soluções de automatização. Para isso, a DMG Mori já integrou interfaces adequadas, por exemplo, para a utilização de robôs.

REVISTAS

Walter Tools Ibérica, S.A.U.Siga-nos

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter InterMetal

    21/02/2024

  • Newsletter InterMetal

    14/02/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

intermetal.pt

InterMETAL - Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Estatuto Editorial