Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Tendência descendente abrandou no mês de março

Queda na venda de máquinas-ferramenta alemãs abranda no primeiro trimestre de 2023

24/05/2023
As encomendas recebidas pela indústria alemã de máquinas-ferramenta no primeiro trimestre de 2023 foram 11% mais baixas em termos nominais do que no mesmo período do ano anterior. As encomendas provenientes da Alemanha diminuíram 18%, enquanto as encomendas provenientes do estrangeiro diminuíram 8%. Globalmente, isto representa um declínio de 17% em termos reais.
foto
Evolução da venda de máquinas-ferramenta alemãs.

“No entanto, tendo em conta os muitos encargos financeiros - como a crise energética, a elevada inflação, o aumento das taxas de juro e a fraqueza geral da economia - é encorajador notar que os últimos números de março mostram um abrandamento na tendência descendente das encomendas”, diz Wilfried Schäfer, diretor executivo da VDW, a Associação Alemã de Construtores de Máquinas-Ferramenta. “As encomendas do estrangeiro estão a revelar-se muito mais estáveis do que as do mercado interno. O impulso vem principalmente dos países fora da zona euro, onde as encomendas em grande escala desempenham um papel importante”, afirma.

“Em geral, estamos a assistir a um abrandamento das dificuldades que a nossa indústria tem enfrentado”, explica Schäfer. A China pôs fim à sua política de zero covid. As tensões na cadeia de abastecimento estão a começar a diminuir. Isto está a permitir que setores-chave dos clientes, como a indústria automóvel, voltem a produzir mais. Este setor foi o que mais sofreu com a falta de microchips. Consequentemente, as vendas voltaram a aumentar no primeiro trimestre. O aumento de 20%, ou 11% em termos reais, reflete os fatores positivos.

foto
Wilfried Schäfer, diretor-geral da VDW, a Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas-Ferramenta, está otimista em relação aos próximos seis meses.

Independentemente da atual conjuntura económica, são vários os fatores que impulsionam o investimento: a tendência para a automatização, a crescente digitalização, o incremento da eletromobilidade, o aumento da capacidade na tríade das infraestruturas críticas (por exemplo, chips, baterias), o investimento extensivo na proteção climática (por exemplo, bombas de calor), a expansão das fontes de energia renováveis e o aumento das despesas com a defesa.

“Esperamos que as encomendas estabilizem na segunda metade do ano”, afirma Schäfer. Uma grande vantagem neste momento é a considerável carteira de encomendas, que se estende por quase doze meses. De acordo com as últimas previsões, isto permitirá que a produção cresça em 2023 o mesmo montante que no ano anterior, ou seja, 10 por cento para 15,5 mil milhões de euros.

Siga-nosWalter Tools Ibérica, S.A.U.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

intermetal.pt

InterMETAL - Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Estatuto Editorial