Atlas Copco: vapor - caldeiras de vapor de 1,3 a 16 toneladas/hora
Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa
Nova geração de microbrocas

Sandvik Coromant lança novas ferramentas para maquinagem de precisão

22/11/2021

A Sandvik Coromant, líder global em soluções de maquinagem, lançou duas novas famílias de microbrocas especificamente concebidas para a maquinagem de precisão. A CoroDrill 462 com geometria XM e a CoroDrill 862 com geometria GM ajudam as indústrias que necessitam de fabricar peças pequenas, tais como médica, automóvel, eletrónica e aeroespacial. Concebidas para abranger uma ampla variedade de materiais de peças, as novas brocas oferecem um desempenho preciso onde o rigor é essencial.

foto

Os dispositivos de diversas indústrias estão a diminuir de tamanho. Isto pode ser visto mais claramente na indústria eletrónica, com os dispositivos modernos a oferecem maiores capacidades em estruturas mais reduzidas. Por sua vez, no fabrico de dispositivos médicos, a crescente tendência da cirurgia minimamente invasiva - utilizando técnicas que reduzem o tamanho e o grau das incisões realizadas pelo cirurgião - exige instrumentos cirúrgicos mais complexos. À medida que o tamanho da tecnologia diminui e o seu nível de sofisticação aumenta, os fabricantes procuram ferramentas que possam produzir peças mais pequenas e complexas.

Geralmente, os especialistas em perfuração utilizam o termo microperfuração para descrever furos de diâmetro inferior a três milímetros (mm). Isto pode aplicar-se a furos frequentemente encontrados na indústria da eletrónica, onde as peças de trabalho têm uma espessura de apenas centésimos de milímetro, mas as aplicações mais comuns incluem a indústria aeroespacial, a produção de moldes e matrizes e o fabrico de equipamentos médicos.

As CoroDrill 462 e 862 são as microbrocas de próxima geração da Sandvik Coromant. Disponíveis com novas geometrias para oferecer uma ampla variedade de diâmetros e comprimentos de corte, as brocas apresentam uma maior gama de produtos comparativamente com as soluções anteriores.

As brocas foram especialmente adaptadas para superar os desafios da microperfuração. Por exemplo, à semelhança das aplicações em macroescala, é essencial ter uma refrigeração de qualidade para remover eficazmente as aparas durante a perfuração de furos profundos com microferramentas. As CoroDrill 462 e 862 podem atingir facilmente profundidades de furo até nove vezes o diâmetro (xD), ao utilizar uma refrigeração externa, e também está disponível uma opção de refrigeração interna para a perfuração de diâmetros de 1,00 mm e superiores e profundidades de furo até 16xD. A utilização de uma refrigeração eficiente não só ajuda as ferramentas a produzirem furos profundos, como também amplia a vida útil das ferramentas e reduz o risco de bloqueio por aparas.

foto

Individualmente, a CoroDrill 462 oferece uma perfuração de elevado desempenho para furos de até 3,00 mm. Ideal para a perfuração de furos cegos e passantes, a broca é capaz de maquinar uma grande variedade de materiais ISO, incluindo materiais ISO P, M, K, N, S, O e H. Com uma profundidade de broca de 6xD, a CoroDrill 462 oferece aos fabricantes uma solução de perfuração versátil.

A CoroDrill 862 é ideal para a produção de furos com um diâmetro entre 1,00 e 3,00 mm em todos os materiais, quando utilizada com refrigeração interna. Além da perfuração convencional, a CoroDrill 862 auxilia uma ampla variedade de outras atividades de perfuração, incluindo furos cruzados, perfuração de pilhas e perfuração de superfícies convexas e côncavas.

Além de serem ferramentas em metal duro de utilização imediata, as CoroDrill 462 e 862 podem ser personalizadas. Como parte da gama, a Sandvik Coromant tornou possível a configuração das ferramentas com base no diâmetro, comprimento útil, comprimentos de passo-diâmetro e diâmetro da haste, para os fabricantes que necessitam de uma abordagem personalizada à microperfuração.

Além disso, os clientes têm a opção de comprar a CoroDrill 862 com uma aresta de corte embutida em diamante policristalino (PCD).

O PCD é até 100 vezes mais resistente ao desgaste que o metal duro. Além disso, as ferramentas em PCD são mais precisas e podem produzir tolerâncias mais estreitas do que as ferramentas de metal duro. Assim, os clientes que pretendam produzir furos de tamanho micro em materiais notoriamente difíceis de maquinar, tais como titânio, alumínio, vidro e cerâmica, devem considerar o PCD.

“As CoroDrill 462 e 862 marcam uma nova era da microperfuração”, afirmou James Thorpe, Gestor de Produto Global na Sandvik Coromant. "Efetuámos atualizações significativas desde o lançamento das nossas últimas microbrocas, com o objetivo de oferecer mais opções aos nossos clientes.

“No panorama atual da produção, quer seja no fabrico de relógios de luxo ou de peças aeroespaciais, a procura pela complexidade é maior que nunca. À medida que os produtos ficam mais pequenos e com componentes mais complexos, reconhecemos que também nós necessitamos de nos adaptar e tornar as nossas brocas capazes de maquinar furos mais reduzidos. As aplicações que necessitam de microperfuração são extremamente diversificadas e é por isso que estamos a oferecer mais opções personalizáveis, além de uma variedade de ferramentas padrão mais ampla”.

As CoroDrill 462 e 862 irão substituir a microbroca R840 existente e a microbroca 862 actual da Sandvik Coromant.

Para saber mais sobre a solução CoroDrill 462 com geometria XM e a solução CoroDrill 862 com geometria GM, visite o website da Sandvik Coromant.

Jaba: tradução 4.0

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

intermetal.pt

InterMETAL - Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Estatuto Editorial