Atlas Copco: vapor - caldeiras de vapor de 1,3 a 16 toneladas/hora
Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa
A solução de solução de Condition Monitoring esteve em destaque no stand da Schaeffler na EMO 2021

DuraSense da Schaeffler atualizado com novas funções

13/10/2021

O Schaeffler DuraSense é a primeira solução de Condition Monitoring do mundo para guias lineares. De acordo com a Schaeffler, este equipamento opcional garante menores custos de produção para os fabricantes de máquinas, redução dos custos operacionais e aumento da disponibilidade para os utilizadores das máquinas.

foto
O Schaeffler DuraSense é a primeira solução de Condition Monitoring do mundo para guias lineares. A unidade eletrónica de avaliação lê e monitoriza os parâmetros da lubrificação nas guias lineares ligadas. O sistema agora integra também uma interface que oferece aos clientes acesso aos dados brutos provenientes dos sensores de vibrações. Imagem: Schaeffler.

O DuraSense pode ser aplicado, por exemplo, para monitorizar e avaliar a relubrificação manual, fornecendo uma alternativa rentável à instalação de um dispendioso sistema central de lubrificação. Nas configurações que já dispõem de um sistema central de lubrificação, o DuraSense pode ser utilizado para a deteção precoce de todo o tipo de falhas que possam provocar uma lubrificação insuficiente ou inadequada. Deste modo, previne tanto a falta como o excesso de lubrificante. A diminuição dos intervalos entre os ciclos de lubrificação indica que ocorreu um desgaste ou que os componentes em questão estão perto do fim da sua vida útil.

Esta solução de Condition Monitoring garante que a lubrificação seja sempre aplicada com base nas necessidades, reduzindo assim o consumo de lubrificante em até 30%. Oferece muitas vantagens, nomeadamente para máquinas que utilizam lubrificantes refrigeradores, uma vez que reduz significativamente os custos subsequentes de separação do óleo.

Na prática, as aplicações mostram que o DuraSense também é capaz de detetar de forma fiável falhas de montagem e danos na montagem do carro-guia, até mesmo antes da entrada em funcionamento da instalação. Consequentemente, o DuraSense pode evitar atrasos e reparações dispendiosas aos fabricantes durante a colocação em funcionamento de máquinas nas instalações dos seus clientes. Entre as funcionalidades adicionais previstas está a capacidade de utilizar os dados gerados pelo DuraSense para detetar diversos tipos de danos nas guias lineares, como pitting e danos causados por partículas estranhas submetidas à passagem dos elementos rolantes.

Interface do utilizador para dados brutos já disponível

Além das funções principais do DuraSense citadas acima, a Schaeffler agora inclui uma interface que os seus clientes podem utilizar para aceder aos dados brutos dos sensores de vibrações. Esta funcionalidade atende aos pedidos dos clientes, já que muitos fabricantes desejam tirar partido do potencial do sistema DuraSense como ferramenta de monitorização do estado das máquinas. Um desses clientes é Andritz Kaiser, fabricante líder de prensas de estampagem automáticas. O responsável de desenvolvimento de produtos, Paolo Matassoni, fez a seguinte avaliação: “A posição dos sensores é ideal para uma análise do estado da máquina com base nos dados, uma vez que se encontram na interface entre as peças móveis e estáticas. Utilizamos o DuraSense no nosso último modelo de máquina, a Top Line 2000. Agora temos apenas de converter os dados recolhidos para uma linguagem de fácil compreensão.”

foto
O Schaeffler DuraSense está disponível como opção para as guias lineares das séries KUVE, RUE e KUSE. Imagem: Schaeffler.

O Schaeffler DuraSense como dispositivo de reequipamento

A Schaeffler também oferece um dispositivo de reequipamento DuraSense para as inúmeras fábricas e máquinas que estão em operação há anos na indústria transformadora. Quando chegar a hora de substituir os carros-guia dos sistemas, os clientes receberão unidades novas com sensores integrados. No entanto, os carros-guia que foram pouco utilizados e que, portanto, ainda não precisam de ser substituídos, podem ser atualizados com a instalação de sensores utilizando o novo dispositivo de reequipamento. Este dispositivo também é uma opção ideal para os utilizadores que desejam testar o sistema DuraSense e aprender como funciona.

DMG Mori M1: é tudo sobre 'projectado para o seu lucro'Jaba: tradução 4.0

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

intermetal.pt

InterMETAL - Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Estatuto Editorial