A Vollmer VGrind 340S é indicada para ferramentas de metal duro muito pequenas

Produzir fresas finas sem operadores e sem interrupções

Redação05/02/2020

A nova retificadora Vollmer VGrind 340S é utilizada para a produção e retificação de ferramentas de metal duro muito pequenas, com diâmetros de 0,3 a 12,7 milímetros. Estes tipos de brocas e fresas são utilizados sobretudo na indústria automóvel, eletrónica ou na engenharia médica, setores onde os componentes são cada vez mais pequenos. Com as automatizações da VGrind 340S, os fabricantes de ferramentas poderão produzir estas ferramentas de corte rotativas sem operadores e sem interrupção.

Com a retificadora VGrind 340S, a especialista em retificação Vollmer desenvolveu uma solução para maquinação eficiente de ferramentas de metal duro mesmo na faixa de diâmetros pequenos de 0,3 a 12,7 milímetros. Este tipo de broca e fresa fina é utilizado principalmente na indústria automóvel, eletrónica ou de engenharia médica, setores onde são necessários produtos cada vez mais compactos, cujos componentes metálicos ou compósitos devem ser maquinados com ferramentas muito pequenas. Em particular, os componentes eletrónicos ou equipamentos médicos requerem que os fabricantes realizem maquinações em dimensões cada vez menores.

foto

A VGrind 340S é utilizada para a produção e retificação de ferramentas de metal duro muito pequenas com diâmetros entre 0,3 e 12,7 mm.

Tecnologia comprovada da família VGrind

A retificadora VGrind 340S não só é adequada para a fabricação de ferramentas de rotação simétrica, como também para sua retificação. Para tal, esta máquina da Vollmer utiliza a tecnologia comprovada da família VGrind: Possui dois fusos dispostos verticalmente para diferentes conjuntos de ferramentas de retificação, o que reduz os tempos de inatividade. Cinco eixos CNC perfeitamente alinhados oferecem uma interpolação com movimentos curtos dos eixos lineares e rotativos, o que por sua vez reduz os tempos improdutivos. Pela primeira vez, e além dos eixos de rotação, também os eixos lineares são concebidos com acionamentos diretos (acionamentos lineares). Ao contrário do que acontece com o fuso de esferas, eles trabalham sem contacto e, assim, não estão sujeitos a desgaste. Além disso, a VGrind 340S está equipada com uma luneta de eixo, para garantir a concentricidade ideal. Como opção, está disponível uma luneta de apoio para ferramentas de furação mais compridas.

Operação intuitiva e automação opcional

Graças ao comprovado e intuitivo software NUMROTOplus, é possível simular a fabricação de ferramentas em três dimensões e realizar previamente uma monitorização de colisões. O painel de controlo do ecrã tátil, ajustável em altura e rotativo, e a ampla visibilidade das áreas de maquinação permitem uma operação ergonómica da máquina.

Soluções opcionais para a automatização, como o carregador de paletes HP 160 ou o robô de braços livres HPR 250, garantem uma maquinação totalmente automática de até 900 ferramentas com diferentes diâmetros do eixo – de forma ininterrupta. Para os rebolos, a VGrind 340S está equipada com um dispositivo de retificação substituível, para que se obtenham desvios axiais e radiais ideais dos pacotes de rebolos. Um apalpador opcional permite a medição dos rebolos na máquina e oferece a possibilidade de calibrar o sistema de garras sempre que necessário. Uma unidade de desbaste permite a abertura do revestimento do rebolo durante a produção. Além disso, não só é possível mudar automaticamente conjuntos de rebolos, mas também os seus injetores de líquido de refrigeração.

“Com a VGrind 340S, ampliamos nossa oferta para a afiação de ferramentas, para apoiarmos os fabricantes de ferramentas no desenvolvimento das menores ferramentas de corte”, diz o Dr. Stefan Brand, diretor do Grupo VOLLMER. “Precisamente, a maquinação de pequenos diâmetros de ferramentas exige muita sensibilidade, o que conseguimos alcançar através de soluções digitais e mecânicas. O controle através de cinco eixos CNC e a aplicação de lunetas de apoio garantem uma maquinação exata, mesmo em intervalos de micrómetros.”

InterMetal3D Additive Expo / i4.0expo / Subccontrataçao 19 - 21 de março 2020 Exposalão Batalha20 Years Jaba traduçao técnica especializada 4.0Global Industrie 2019

intermetal.pt

InterMETAL - informação para a indústria metalomecânica portuguesa

Estatuto Editorial