Atlas Copco: vapor - caldeiras de vapor de 1,3 a 16 toneladas/hora
Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Até 2050, a procura de alumínio na Europa deve crescer para cerca de 18 milhões de toneladas

Tomra Recycling explora o futuro da indústria global de alumínio em webinar dedicado

09/06/2021

No dia 20 de maio de 2021, o especialista mundial em tecnologia de seleção de metais, Tomra Recycling, realizou seu primeiro webinar sobre triagem de metais intitulado 'Perspetivas da indústria de seleção de alumínio - tecnologias de triagem, inovações e oportunidades em uma economia circular'. Mais de 200 participantes de todo o mundo se juntaram à sessão de 45 minutos, ao vivo.

foto

Os gestores do segmento de reciclagem de metais da Tomra Recycling, Tom Jansen e Terence Keyworth, foram acompanhados por palestrantes convidados, Patrik Ragnarsson, gerente sénior para a área automóvel e de transportes da ‘European Aluminium’, e Edward George, gerente comercial da Alutrade Ltd.

Ragnarsson deu início à sessão destacando que o aumento de veículos elétricos acontece muito mais rapidamente do que o previsto, impulsionado em parte pelas rígidas regulamentações de CO2 estabelecidas pela Comissão Europeia (CE). As metas definidas atualmente preveem uma redução de 15% para 2025 e 37,5% para 2030 - com base nos níveis de 2021. No entanto, Ragnarsson afirmou que o Alumínio Europeu antecipa metas ainda mais rigorosas a serem introduzidas neste verão para se alinhar com as metas climáticas recentemente introduzidas.

Ragnarsson explicou que os fabricantes de automóveis que não conseguirem cumprir essas metas terão multas pesadas, por isso precisam de usar todos os meios disponíveis para reduzir as emissões de CO2, razão pela qual a redução do peso está a tornar-se cada vez mais importante. Afirmou ainda que os fabricantes estão a ser incentivados a vender mais veículos com emissões zero e de baixa emissão, como os elétricos.

Keyworth, destacou que a procura de alumínio na Europa deve crescer para cerca de 18 milhões de toneladas até 2050 - um aumento de mais de 40% em comparação com 2018. Explicou ainda que é esperado um crescimento significativo nos setores automóvel, de construção e de embalagens. No setor automóvel, a leveza dos veículos será o principal motivador, enquanto no setor de construção, haverá maior foco em edifícios mais eficientes em termos de energia para cumprir o Green Deal da UE. E na indústria da embalagem, as taxas de coleta e reciclagem de embalagens de alumínio para bebidas terão que aumentar. Todos esses fatores levarão a um crescimento da procura der alumínio reciclado.

Jansen, prosseguiu, fornecendo aos participantes uma visão geral das mais recentes tecnologias de triagem para sucata de alumínio, que devem desempenhar um papel crucial no cumprimento da meta de aumentar as taxas de reciclagem deste material, conforme estabelecido no relatório ‘European Aluminium Vision 2050’. Jansen destacou os avanços na tecnologia de raios X transmissão (XRT) para identificar e selecionar vários tipos de sucata de alumínio, incluindo Zorba, Twitch, perfis e chapa de alumínio triturada. Destacou também os benefícios para a fundição ao usar sucata de alumínio de alta qualidade selecionada por raio-X: transmissão, incluindo qualidade consistente, redução do consumo de energia, requisitos de limpeza do forno reduzidos e maior capacidade de produção ou tempo de ciclo ‘tap-to-tap’.

Citou o exemplo de uma fundição de alumínio que, após a instalação da tecnologia XRT, aumentou a quantidade de sucata pós-consumo usada no forno de 25 para 50%, resultando em um aumento nos lucros de € 1,5 milhão anualmente. Ao mesmo tempo, o consumo de energia da laminação foi reduzido em 6% e sua capacidade de produção aumentou 2% - resultando no aumento de outro € 1 milhão nas receitas.

foto

Os participantes puderam saber mais sobre a máquina de seleção X-Tract X6 Fines da Tomra Recycling, que inclui um sensor de alta resolução para fornecer imagens de raios-X mais nítidas do que a versão XRT padrão e oferece maior precisão em objetos pequenos e finos, como fios de cobre. Jansen também contou aos participantes sobre o uso da unidade X-Tract da TOMRA para remoção de magnésio encontrada no fluxo de sucata de alumínio, visando criar frações de alumínio mais limpas e material de processo com qualidade de saída mais estável.

Keyworth, então, enfatizou a necessidade de aumentar a quantidade de alumínio secundário em todos os setores da indústria de alumínio, substituindo o primário em novos produtos e reiterou que a tecnologia baseada em sensores desempenhará um papel vital para ajudar a indústria a aumentar as taxas de reciclagem de alumínio para atingir o nível mais baixo na pegada de carbono estabelecido no relatório ‘European Aluminium Vision 2050’.

O segundo contribuidor convidado da Tomra foi Edward George, gerente comercial da Alutrade Ltd, uma recicladora de alumínio especializada no Reino Unido. 70% do negócio da Alutrade é extrusão de alumínio e 30% é reciclagem de lata para lata de alumínio, com o material separado, limpo e depois vendido para laminadores em todo o mundo para ser fundido de volta em latas de alumínio.

George afirmou que a Alutrade Ltd testemunhou uma demanda crescente por alumínio para uso residencial e comercial no setor de construção, à medida que as empresas aproveitam os benefícios térmicos, UV e estéticos que o alumínio oferece quando usado em janelas, portas e fachadas. Ele explicou como a tecnologia de seleção baseada em sensores mudou a maneira como a empresa processa o material. Usando a tecnologia de raios-X da Tomra Recycling, a Alutrade agora pode processar mais de 100 toneladas por mês de resíduos pós-consumo de edifícios demolidos ou perfis de janelas e portas. O alumínio encontrado nessas peças contém outros metais como cobre, latão e zinco, que antes eram separados manualmente. Agora, usando a tecnologia de raios-X, a Alutrade é capaz de atender à alta demanda do setor global de fachadas com sucata de alumínio pré e pós-consumo de alta pureza, oferecendo uma solução completa de reciclagem em circuito fechado.

Se não conseguiu comparecer ao webinar, mas gostaria de assistir às apresentações, visite: https://solutions.tomra.com/en/en/metal-webinar-recordings

Jaba: tradução 4.0DMG Mori M1: é tudo sobre 'projectado para o seu lucro'

Subscrever a nossa Newsletter

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

intermetal.pt

InterMETAL - Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Estatuto Editorial